* * * * *

 

Prefácio

 

 

Teobaldo Franco é um sonhador, um poeta que se inspira na beleza da natureza e das pessoas para tecer o seu cordel de versos. A inspiração, unida ao amor pelas coisas do passado, pela terra onde viveu, pelos ancestrais e pelos familiares, dão a este mineiro a temática para criar lindos poemas. Poemas simples, mas carregados de sábios ensinamentos, ensinamentos alicerçados na fé em Deus, nosso Criador.

Quando, pela primeira vez, li os poemas desta obra, especialmente o que lhe dá o título, fiquei emocionado. E à medida que eu caminhava por entre os versos, as emoções iam-se alternando em meu íntimo. Como me identifiquei com várias dessas histórias, eu as lia com avidez, compartilhando da alegria, da tristeza, da felicidade, do amor, da paixão, da melancolia e da saudade da infância.

Caro leitor, tenho a certeza de que você também, quando ler A velha estrada, vai se identificar com alguns de seus poemas, que nos remetem ao nosso âmago e também ao sertão, onde todos nós temos fincadas as nossas raízes, porque este livro foi escrito pela alma cabocla de Teobaldo Franco.
 

 

Edson Angelo Muniz

Escritor e historiador

 

 

* * * * *

 

 

Teobaldo Silveira Franco nasceu em Ituiutaba, em 9 de dezembro de 1984. É irmão de Maria Angélica Franco e Tatiane Silveira Franco, filhos de Milton Silveira Franco e Terezinha  Franco  de  Jesus.

Teobaldo é casado com Adriely de Araújo Borges Franco, e desta união nasceram Yasmin e Ysabela.

Graduado em Tecnologia em Gestão Ambiental pela Universidade Norte do Paraná (UNOPAR), Polo de Ituiutaba, no ano de 2012, é pós-graduando em Gestão, Licenciamento e Auditoria Ambiental  (UNOPAR).

Teobaldo tem suas raízes fincadas na zona rural. Morou até os 17 anos na Fazenda São Lourenço, Estiva, município  de  Ituiutaba.

É membro da ALAMI (Academia de Letras, Artes e Música de Ituiutaba), ocupando a cadeira 47, cujo patrono é  César  França.

Publicou, em 2001, o seu primeiro livro, A Serra do São Lourenço (conto infantil), em 2004, publicava o segundo, O Pescador de Sonhos (contos e poemas), e em 2008, o terceiro, Mistérios no Tijuco (novela).

Teobaldo é apaixonado pelas coisas simples, gosta de uma boa pescaria e de moda de viola, mas sua verdadeira paixão é a comunicação, oral  e  escrita.

 

 

* * * * *

Clique aqui e leia outras apresentações

de Edson Angelo Muniz

 

 

* * * * *