SÃO  JOSÉ  DO  TIJUCO

VILLA  PLATINA

ITUIUTABA

 

VÂNIA APARECIDA ALVES DE MORAIS JACOB

 

 

 

"A professora Vânia Jacob foi uma das diretoras que mais lutou pela classe estudantil de Ituiutaba. Foram mais de dez anos no cargo de diretora do Colégio Estadual, e pela sua folha de serviços em prol da educação ela recebeu diversas homenagens em vida, e uma homenagem póstuma: a biblioteca da FEIT leva o seu nome. Mesmo depois de partir para a morada do Pai, ela continua presente entre os livros e entre os alunos, seus maiores tesouros na face da terra." (Edson Muniz).

Em 31 de março de 1970, foi autorizado o curso de Administração de Empresas da EAEI — Escola de Administração de Empresas de Ituiutaba. As aulas eram ministradas em salas do Instituto Marden, cedidas pelo Dr. Álvaro Otávio Macedo de Andrade. Vânia Aparecida Alves de Moraes Jacob fez parte do quadro de primeiros professores da EAEI, ao lado de Pedro Neto Rodrigues Chaves, David Cury Hanna, Hélio Benício de Paiva, Celso Franco de Gouveia, Rafael Eugênio de Azeredo Coutinho, José Roberto Finoti, Gerson Abrão, Reinaldo Campos Andraus, Diana Stael Martins Barros, Vanderli Anacleto de Campos, Ataulfo Marques Martins da Costa, José Mauro de Castro, Aluísio Andrade Chaves, Públio Chaves, Oswaldo Pádua Vilela e Jarbas Gomide.

Vânia Aparecida Alves de Moraes Jacob foi Secretária Municipal de Educação e Cultura de Ituiutaba, de 1983 a 1988, onde realizou diversos projetos culturais. Uma de suas ações como Secretária de Cultura foi a mudança do nome do Concurso de Contos para Concurso de Contos Luiz Vilela, em homenagem a este escritor ituiutabano que nos enobrece e nos orgulha com suas obras literárias, que são lidas e reconhecidas no Brasil e no exterior. O Concurso de Contos Luiz Vilela foi um dos mais concorridos de todo o Brasil e um dos únicos a serem realizados durante mais de 20 anos, premiando escritores de todos os rincões brasileiros.

Vânia Aparecida Alves de Moraes Jacob foi ainda vereadora pela Câmara Municipal de Ituiutaba, de 1989 a 1992, quando exerceu também o cargo de secretária desta entidade.

 

*

 

Denise Andrade de Freitas Martins, acadêmica da Alami, no dia em que tomou posse da Cadeira 40 desta academia, fez a leitura do texto abaixo, apresentando os trabalhos realizados por Vânia Aparecia Alves de Moraes Jacob, patrona de sua cadeira.

 

"Como Secretária Municipal de Educação e Cultura de Ituiutaba, de 1983 a 1988, Vânia Aparecida Alves de Morais Jacob realizou:

1. Criação dos CIMES Tancredo de Paula Almeida e Sarah Feres Silveira, que foram os primeiros núcleos à atenderem crianças em período escolar de forma integral;

2. Criação dos cursos na Escola Municipal de I e II Grau Machado de Assis:

     - Científico;

     - Técnico em Enfermagem;

     - Secretariado;

3 – Criação de Centros Comunitários atendendo às necessidades de aprendizagem de corte e costura, bordado, pintura, cabeleireiro, torneiro mecânico, etc. da população;

4 – Reorganização da Biblioteca Pública Municipal com a criação da Biblioteca Itinerante;

5 – Criação do ensino pré-escolar em creches e escolas municipais;

6 – Estendeu o ensino noturno às escolas municipais, mediando o aluno trabalhador e a escola;

7 – Convênio com DEMEC de MG para entrosamento e desenvolvimento de trabalhos didáticos pedagógicos do município de Ituiutaba com visão regional de parcerialidade e enriquecimento da educação em Minas Gerais e no Brasil;

8 – Capacitação de Recursos Humanos em seminários sobre educação, fortalecendo a ideia da participação do ser humano na produção do conhecimento e na história;

9 – Criação do jornal mensal de Educação no municipal.


ZONA RURAL
 

A primeira meta foi estabelecer a igualdade de possibilidades educacionais entre as zonas rural e urbana facilitando a fixação do homem no campo através de:

1 – Planejamento Modelo do Ensino Rural para o MEC;

2 - Regulamentação do Colégio Técnico Agrícola;

3 – Extensão de séries nas escolas municipais Quirino de Morais (Mateirinha) e Aldemar V. Ribeiro (Três Vendas) facilitando a nucleação e promovendo transporte de professores e aluno;

4 – Desenvolvimento do esporte através de criação de torneios esportivos.


CULTURA

 

1 – Apresentação de trabalhos realizados por alunos das escolas municipais de pré ao segundo grau em praça pública;

2 – Criação do Concurso de Contos Luiz Vilela com publicação dos dez melhores contos na revista “Luzes da Cidade”;

3 – Início da organização do Arquivo da História de Ituiutaba com fotografias e depoimentos;

4 – Reativação do Carnaval de Rua e da Banda Mirim;

5 – Criação Festival Ituiutabano da Canção e 1.º Festival da Viola;

6 – Criação da 1.ª Feira do Livro Infantil e incentivo à leitura através da presença de renomados autores como: Luis Fernando Veríssimo, Osvaldo França Júnior, Luiz Vilela e outros na Feira do Livro;

7 – Lazer e esporte para população: Domingo na rua; Seresta na rua; Em cantos da cidade; Projeto contando “Causos”; Torneios esportivos interbairros; Corrida ciclística; Corrida de pedestres; Campeonato de tênis de mesa; Campeonato nacional e internacional de damas; Escolas de futebol de 7 a 14 anos; Inauguração de seis quadras poliesportivas nos Bairros Junqueira, Ipiranga, Natal, Platina, Sol Nascente I e II."
 

*

"Educação é a libertação do homem."

 Vânia Aparecida Alves de Morais Jacob