Capa de Edson Angelo Muniz

 


Teobaldo Franco

 

 

* * * * *

 

Depoimento do Autor

 

 

Quando decidi "montar" um novo conto, vários amigos me sugeriram que eu contasse uma história de outro planeta... A princípio fiquei entusiasmado com a ideia, mas não consegui rascunhar nem meia folha de papel. Percebi que o caminho não era aquele.

E foi aí que eu fiquei "encrencado", pois eu queria atender ao pedido de duas criaturinhas que insistiam: "Conta, Tio, conta uma história de Marte!" Como me negar a um pedido daqueles? Então, vendo ali, à minha frente, meus dois amiguinhos, meus leitores e também meus fãs, Nathaly Emily e Humberto Henrique, cheios de vida, cheios de sonhos, com apenas oito e seis anos, pensei: "Por que não? Sim, claro que sim!"

Então cheguei à minha decisão final: eu acabava de entender que não era preciso inventar histórias de outro planeta, minha própria vida era uma história de outro mundo.

E foi assim, juntando as peças de um quebra-cabeça, juntando as histórias de tantos "Joãos e Marias", histórias do dia-a-dia, que nasceu este livro.

Não há nada mais simples do que pescar, e nada mais humano do que sonhar. Pescar é, às vezes, mentir, sonhar é amar; por isso, O Pescador de Sonhos nada mais é do que mentiras do coração.

 

 

Teobaldo Franco

 

 

* * * * *

 


Dedicatória do Autor ao Capista

 

 

* * * * *