Poema de Edson Angelo Muniz

 

 

Paixão

 

                                                     Intertextualidade com títulos de músicas sertanejas
 

 

Quando a gente ama de verdade / Não dá pra disfarçar/
Eu gosto muito de alguém / Alguém na multidão /
Que amor é esse? / Será que nunca vou ser feliz? /
Vou beber de novo / Pra afastar a solidão /


O amor domina a gente / Eu amo essa mulher /
Nunca vi amor assim / Amor agressivo / Amor carente/
Que raio de amor é esse? / Amor de um lado só /
Amor-fantasia / Amor-ilusão / Amor incandescente /


Não posso viver assim / Longe de quem amo / Sofro /
Choro / Porque / Você me desligou da sua vida /
Fico fera sem você / Fico louco de saudade /
Saudade alucinada / Saudade amarga / Saudade bandida/


Ouça meu lamento/ Venha de onde estiver/ Eu estou aqui/
Estou apaixonado, sim / Você é minha devoção /
Quero seu amor / Seu Perdão / Quero encontrar a paz/
Como é grande o meu amor por você / Minha paixão/


Paixão "caliente" / Paixão em dose dupla / Sem limites /
Você é minha fantasia / A dona do meu coração /
Coração amoroso / Amigo / Transbordando de amor /
Por onde andará você? / Venha logo / Minha inspiração/


O amor não morre / A saudade continua / Cadê você?
Eu ando errante/ Condenado por amor/Condenado a sofrer/
Você corre em minhas veias / Você / É minha vida /
Não sei o que será de mim / Sem você não sei viver/


Já busquei outro amor / Tentei viver sem você /
Não deu em nada / Você não sai da minha cabeça /
Se você não voltar / Viverei com a paixão /
Abra o coração / Me ame de novo / Não desapareça /


Ei! Paixão / Esqueça o passado / Vamos falar de nós/
Brincar de amor / Brincar de ser feliz / Você e eu /
Venha logo / Me faz um carinho / Me beija outra vez /
Devolva-me o seu coração / O amor que já foi meu /


Um dia desses/Talvez você se lembre/Do jeito que eu sou/
E assim / Arrependida / Volta para o meu amor /
É disso que eu preciso / Amor / É tudo o que eu queria /
Que dure para sempre / Que seja eterno como o Criador /


_____________

Nota: Este poema foi publicado no livro IV Antologia de Poetas de Ituiutaba, editado pela ALAMI em 2006.

 

 

 

Para adquirir livros de Edson Angelo Muniz, clique aqui.