Discurso do Comendador
Edson Angelo Muniz
na solenidade de outorga

 

Boa noite a todos!

 

Agradeço a Deus pela minha existência e por todas as pessoas que Ele colocou em minha vida para embelezá-la: meus avós, meus pais, meus irmãos, Ednazir Angela Muniz, Edilson José Muniz e Ednair Ângela Muniz; minha esposa, Helice Aparecida Domingos Muniz; minhas filhas, Aline Domingos Muniz e Elisangela Domingos Muniz; meu neto, que em minha homenagem recebeu o meu nome: Edson Angelo Muniz Vieira, carinhosamente chamado por nós de Edson Neto; e a todos os meus amigos.

Agradeço ainda a Deus por ter iluminado os meus passos e me livrado de vários perigos para que eu pudesse chegar até aqui, com 54 anos bem vividos, e receber esta homenagem.

Em nome do Presidente da ALAMI, Enio Eustaquio Ferreira, agradeço a todos os meus colegas acadêmicos, e em nome da minha parente-amiga, Dalva Muniz de Almeida, agradeço a todas as minhas colegas acadêmicas.

Tenham a certeza de que cada uma dessas pessoas assentou um tijolinho na escada que me conduziu a este patamar tão alto.

Digo-lhes, com muito entusiasmo, que esta Comenda 16 de Setembro, que foi a mim deferida hoje, é uma mola tensionada que me impulsionará a continuar trabalhando, e agora com mais determinação, com mais empenho, com mais zelo, em prol do engrandecimento da ALAMI, da nossa cidade e da cultura como um todo.

Com muito júbilo ofereço esta honraria à memória de meus pais, Dorcina Muniz de Oliveira e João Angelo de Oliveira (Neinho).

Muito obrigado!

 

Edson Angelo Muniz.

 

* * * * *