Acróstico de Edson Angelo Muniz

 

Amor oculto

                    

Para Onice Garcia Muniz

              

Oculto é o meu amor, e ardente o desejo de beijá-la com ardor.
Navego em um mar de sonhos, procurando incessantemente por você,
Imagino-a em meus braços, acariciando-a,sentindo o seu calor.
Conquistou-me, mas me tornei um apaixonado triste,
E a essa tristeza, que não tem fim, meu coração não resiste.


Garbosa e sorridente você sempre me vem em fantasia,
Acalentando a esperança de que por você serei amado.
Recordo seu rosto... Sua boca... Seus olhos cheios de alegria.
Como você é encantadora; meu anjo adorado!
Impossível esquecê-la, pois você habita o meu pensamento.
Assim vou vivendo, amando-a à distância... É um tormento!


Meu corpo suplica o seu, e este desejo me enlouquece.
Uma dor intensa invade a minha alma e fico carente de você.
Noite e dia espero pelo seu amor, mas ele não me aquece.
Interiormente estou feliz, pois carrego você inteirinha no meu coração...
Zelo pela minha felicidade, por isso tentarei fugir desta solidão...

 

________________

Escrito em 29.6.1972

 

* * * * *     

  

Clique aqui e leia outros acrósticos de Edson Angelo Muniz


 

* * * * * 

 

Para adquirir livros de Edson Angelo Muniz, clique aqui.