FAMÍLIA MUNIZ

Tronco do Triângulo Mineiro

Autor: Edson Angelo Muniz

 

Doracina Muniz de Lima "Tia Doracina"

Versos de improviso feitos por Edson Angelo Muniz


 

Em 13 de abril de 1932,

Doracina Muniz Teixeira veio à luz,

às margens do velho Rio da Prata,

iluminada pelo Menino Jesus.

 

Seu pai é o saudoso Nenê Muniz,

sua mãe é a Helena Teixeira,

seu esposo é o Gerson Alves de Lima,

com quem vive feliz a vida inteira.

 

Tia Doracina é uma mãe gigante,

e seus nove filhos é a sua maior felicidade;

guarda a todos no teu coração vibrante,

amparando se cair, ensinando com autoridade.

 

Quantas noites ela passou em claro,

velando um filho em febre, delirando,

dizendo baixinho: "Filho não tema,

dorme em sossego, eu estou te velando."

 

Ser mãe é viver alegria e beleza,

dar à luz e ver seus filhos crescer,

mas, às vezes, ela enche a alma de tristeza,

vendo uma filha distante e ter que compreender.

 

Criou os filhos, às vezes, escondendo um soluço,

Dedicando-lhes desvelo e muito afeto.

Os netos são muitos, já somam dezessete,

E em 2003 nasceu o seu primeiro bisneto.

 

Ela tem os irmãos e o esposo que lhe amam

Tem muitos amigos e sobrinhos pelo mundo

E tem seus filhos que a cercam de carinho

Demonstrando que amor de filho é muito profundo

 

Quando eles estão todos ao seu lado,

A Vera Lúcia, a Dulce e o Luizmar,

O Zé Muniz, a Edna Lúcia e a Neidinha,

A Maria Lúcia, o Ronie e o Jandimar,

 

O seu mundo fica mais bonito

Ela fica feliz e agradecida a Deus

Neste momento sua vida se enche de sonhos

E se enchem de vida os sonhos seus.

 

Tia Doracina fico imensamente feliz

Quando chego à casa da senhora

Receba um beijo e um abraço apertado

Deste sobrinho que muito lhe adora.

 

(13.4.2001)

 

 

 


 

Para adquirir livros de Edson Angelo Muniz, clique aqui.