Versos de improviso

feitos por

Edson Angelo Muniz

 

 

* * * * *

 

Aniversário do Tio Gerson

 

O Tio Gerson fica mais velho
Não vou falar o ano em que ele nasceu
Mas eu já tenho cinquenta anos
E ele é vinte e seis mais velho do que eu. 
 

(31/03/2006)

 

* * * * *

 

Casamento de Patrícia e João Neto

 

Eu saí da minha casa,

pra festejar debaixo de outro teto,

no Salão de Festas Apotheose,

o casamento da Patrícia com o João Neto.

 

Na entrada do grande salão,

A Nêga veio me abraçar,

ela estava toda linda,

parecia que ela também ia se casar.

 

O Toinzico também estava de gala,

todo sorridente, de terno e gravata,

me abraçou e disse, contente:

"Obrigado por vir também nesta data."

 

O Salão estava repleto,

uma belezura, todo decorado.

Paz e união ali reinavam,

entre os Muniz, os Medeiros e os Rosado.

 

Ao chegar na hora "H",

uma das mais emocionantes para mim.

Todo mundo se admirou,

quando a Patrícia deu um sonoro: "SIM..."

 

A festa correu feliz,

cerveja, salgadinho e alegria.

Eu fiquei tonto e emocionado,

pois eu estava no seio da família.

 

A Patrícia foi jogar o buquê,

e as solteiras fizeram o tico-tico,

mas nenhuma delas o pegou,

quem pegou o buquê foi o TiBico.

 

Depois que pegou o buquê,

O TiBico saiu pulando de lado.

A Patricia gritou: "Deixa pras mulheres!"

E ele disse: "Acho que virei viado."

 

Mas o TiBico não é moleza,

ele é porreta e ninguém se mete.

Com o buquê em uma das mãos,

tascou um beijo na boca da Francinete.

 

Mas casamento não é só alegria,

às vezes encontramos algum espinho.

Mas desejo ao João Neto e à Patrícia,

um casamento cheio de amor e carinho.

 

(26.12.2009)

 

*

 

O tempo passa muito depressa,

não adianta ser sossegado.

João Neto e Patrícia são muito felizes,

e já têm um filho: o João Vitor Rosado.

 

(2010)

 

* * * * *

 

Tio Antenor - 80 Anos

 

Antenor Rosado Muniz nasceu em 1930,

às margens do Rio da Prata, em um casarão.

De uma família de treze filhos,

ele é o segundo irmão.

 

Seus pais, João Grosso e Maria Abadia,

deixaram aos filhos a obediência como legado,

e este é o lema que ainda norteia

a imensa prole dos Muniz-Rosado.

 

Em 1952, Antenor casou-se com a Tia Nêga,

em Ituiutaba, na Igreja Matriz de São José.

Criaram seis filhos com muito amor e muito carinho,

com muita luta, muito suor e muita fé.

 

Jadson André e Luiz Carlos Muniz,

Antonio Donizete Muniz e Helena Aparecida,

Helenice Aparecida e José Carlos Muniz

devem ao Tio Antenor e à Tia Nêga o milagre da vida.

 

Tio Antenor comemora mais uma ano de vida,

gosta de truco e de dançar, e uma cachaça ainda enfrenta,

mas tem que tomar muito cuidado na pista,

porque agora ele já passou dos oitenta.

 

Este homem de fibra já fez de tudo nesta vida:

foi candeeiro, cortou cana e apurou melado,

plantou roça, tirou leite, teve time de futebol,

tocou venda, e foi caçador de onça muito afamado.

 

Desde criança que ele é muito querido,

e por todos da família sempre foi paparicado.

Que Deus lhe proteja sempre,

querido Tio Antenor Rosado.

 

(21.5.2010)

 

 

* * * * *

 

Perdilândia - 2

 

Tia Terezinha foi pra Caldas Novas,

TiBastião alugou um apartamento,

no dia em que lá chegaram,

eles quase ficaram no relento.

 

Mas encontraram um casal de amigos,

que lhes deu abrigo e proteção.

A Miriam e o Cristiano,

dois amigos do coração.

 

Esse casal é muito dinâmico,

por onde passa, traz emoção.

Há muito tempo que estão juntos,

é o rei da excursão.

 

Vamos dar as boas-vindas,

ao Vilson que está "chegano",

hoje ele abandonou o João da Véia,

para sair com o Cristiano.

 

* * * * *

 

Valtenis e Maria - 2

 

Hoje o domingo é especial,

de muita paz e ensolarado.

Vamos cantar com alegria

pra Maria Aparecida Rosado.

 

Ela sempre foi muito feliz,

e o Valtenis querendo pôr o bico,

eles se casaram em oitenta e quatro,

abençoados pela Ambrósia e o Tonico.

 

O Valtenis é o primogênito

da Araci e do primo, Zinho.

Eles são primos primeiros,

mas se uniram com muito carinho.

 

A Maria é muito amorosa,

gosta do Valtenis, de coração.

Mas quando ele não está em casa,

e ela que no terreiro trepa no pé de mamão.

 

Esta família é muito feliz,

passam dias e passa ano.

Eles têm dois filhos lindos:

a Gláucia e o Glauber Stefano.

 

Eu gosto muito do Valtenis,

mas do seu pai eu tenho dó.

O Zinho tá querendo ir embora.

pra balançar o esqueleto no forró.

 

(15.5.2011)

 

* * * * *

 

Geraldinho

 

O Geraldinho é a rapa do tacho,

e gosta muito de lero-lero.

Ele já está muito velho:

hoje ele completou 3.0.

 

Quando eu era uma criança,

Gostava de brincar de Jeep.

Hoje que já estou velho,

não consigo brincar com o Filipe.

 

O Geraldinho já foi moleque,

deu trabalho pra sua mãezinha.

Hoje ele é um homem sério,

seus tesouros: o Filipe e a Neidinha.

 

Ele é filho da minha mana véia,

com o Geraldo, e isso já faz ano...

Tem três irmãos que estão no mundo:

o Pierre, o Juninho e o Luciano.

 

Ele se casou em dois mil e três,

oito anos não é pouco tempo.

Tenho orgulho por muitas coisas,

de ser seu tio e padrinho de casamento.

 

(22.5.2011)

 

* * * * *

 

Na casa do José Carlos

 

O Zé Carlos quando lembra do passado,

o coitado fica mudo e chora.

Mas hoje ele está muito feliz,

junto com a sua neta Isadora.

 

A Isadora é uma linda moreninha,

veio de Araxá para Ituiutaba,

ela é muito bonitinha,

seus olhos pretos parecem jabuticaba.

 

O Carlito é um primo folgado,

do Barreiro ele quase não sai,

e quando acontece uma coisa errada,

ele diz: "Nossa Senhora! Eu te falei, uai!".

 

O João Bigode atirou num veado,

o que deu uma grande confusão,

pois acertou na boca do Carlito,

por isso ele é chamado de "Raspão".

 

O Carlito foi vereador em Gurinhatã,

na tribuna ele era uma íngua,

falava muito, com veemência,

pois tem chumbo no pé da língua.

 

Quando eu passo numa encruzilhada,

sempre me lembro de um despacho.

O Serginho tem uma cara safada,

pois ele gosta é de um baita macho.

 

O Serginho é um bom vendedor,

no seu trabalho é sensacional,

mas da Helice ele só conseguiu,

de desconto apenas um real.

 

O Carlinho está satisfeito,

tá gordinho que nem capado.

de tanto comer carne assada com mandioca,

tá triste, tá vesgo e tá suado.

 

(3.6.2011)

 

* * * * *

 

Gláucia Rosado

 

Nossa família sempre foi feliz,

no presente e no passado.

Vamos cantar com muito carinho,

parabéns para a Gláucia Rosado.

 

Me contaram, mas não acreditei,

mas estou muito desconfiado,

que a Glaúcia completa hoje,

a idade do número do veado.

 

Eu a conheço desde pequenina,

e tenho por ela muito carinho.

Ela é filha do Valtenis e da Maria,

neta de dois irmãos: a Ambrósia e o Zinho.

 

(3.6.2011)

 

* * * * *

 

Ednair Ângela Muniz

 

A Mana Véia é especial,

amanhã comemora-se o seu dia.

Vamos cantar com muito amor,

Pra Ednair, com muita alegria.

 

Ela é a mais velha dos irmãos,

vou dizer isso pro meu povo:

é vovó de muitos netos

e vai ser vovó de novo.

 

(11.9.2011)

 

* * * * *

 

Fazenda Vitória do Tijuco

 

Hoje eu estava muito estressado,

pensei em beber e jogar truco,

fiquei feliz quando eu fui convidado,

pra conhecer a Fazenda Vitória do Tijuco.

 

Esse recanto é maravilhoso,

paz e alegria dele emana,

só há poucos meses foi parar nas mãos

dos primos João Carlos e Lana.

 

Passei ali uma tarde tranquila,

chuva fina e pássaros cantando,

cerveja gelada, carne assada e cantoria,

vendo os patinhos andarem balançando.

 

A mãe natureza é sempre dadivosa,

diante dela eu quase fico mudo,

ouvindo os sons, sentindo os cheiros,

e a presença de Deus em tudo.

(10.12.2011)

 

* * * * *

 

Glauber Stefano Rosado

 

Dia 24 de abril

é um dia abençoado,

pois a Maria deu à luz

o Glauber Stefano Rosado.

 

O Glauber já tá erado,

hoje ele completa vinte e sete.

A Danielle está firme do seu lado,

pois este ano o casamento promete.

 

Ao falar em casamento,

A Danielle ficou contente.

Primo Glauber sei que é difícil,

mas os convites eu dou de presente.

 

(24.4.2012)

 

* * * * *

 

Samuel Angelo

 

Este sábado está cheio de alegria,

e Deus nos abençoa lá do Céu.

Vamos cantar com muita energia:

parabéns para o pequeno Samuel.

 

Eu estou muito contente,

ao lado do meu afilhado Samuel.

E conheci outro cabra valente:

de bigode preto, ele se chama Miguel.

 

O Samuel está meio arrisco,

nem tomou a bênção do seu Padrinho,

ele está muito esperto e bonito:

hoje ele completa quatro aninhos.

 

O seu pai é o Chico Angelo,

e a Teca é a sua mãe querida.

Quando estourou o balão da surpresa,

O Samuel ficou botina da vida.

 

Muito nervoso ele dizia pro seu pai:

"Por que estourou o balão,

não era para estourar ele,

veja a bagunça que fez no chão."

 

(16.6.2012)

 

* * * * *

 

Casamento de Pollyanna e Mahicon

 

A Pollyanna e o Mahicon Hermenegildo,

se casaram, abençoados por Deus,

na Igreja São Francisco de Assis,

sob os olhares de parentes seus.

 

A Pollyanna é da Família Nogueira,

filha de João Batista com Isabel Cristina.

Ela tem um filho: Kauã Felipe,

mas conservou o seu jeito de menina.

 

O Mahicon é da Família Muniz,

filho de Neide com José Hermenegildo Pereira.

Foi criado pela mãe e avós maternos,

e a mãe foi forte, presente e guerreira.

 

Na porta da igreja, um grande susto,

o Zé Muniz deixou todo o mundo preocupado,

talvez por estresse aliado à emoção,

ele caiu no chão desmaiado.

 

A festa foi linda, de arromba,

muita alegria da galera animada,

e na hora da sessão de fotos,

aconteceu uma coisa engraçada.

 

Os pais do noivo se separaram há muitos anos,

e a Neide quase teve um treco,

quando o fotógrafo lhe pediu,

para ela chegar mais perto do Deco.

 

A Neide estava bem produzida,

deve de ter ficado muito tempo no espelho.

Ela teve medo de perder a vida,

nas mãos da Dama de Vermelho.

 

O Mahicon ficou muito feliz,

largo sorriso de felicidade.

A Pollyanna agora é Muniz,

e que seja para a eternidade.

 

No domingo na casa do Tio Gerson,

nos reunimos para bebemorar.

Muita cerveja, muita conversa fiada,

e moda de viola, num carro, pra animar.

 

Em nossa mesa só tinha gente boa:

Neide, Natália, Fernando e Dulce,

Joana, Gerson, Doracina, Renata,

a Daielle, o Aparecido, o Edson e a Helice.

 

A Neide e o seu cunhado, Maurício,

ganharam no truco, mas eu não vi,

eles dizem que ganharam de oito a dez quedas,

mas foi porque eu não estava aqui.

 

O Aparecido bebe demais,

e dirigir bêbado é uma fria.

Mas estas são palavras dele:

"Antes eu tonto do que a Daielle sadia."

 

(16 e 17.6.2012)

 

* * * * *

 

Na casa do Prof. Teco - 2

 

Hoje à noite eu fui pego de surpresa,

com um convite que muito me agradou.

O primo Teco chamou pra beber cerveja,

respondi depressa: "Eu já vou!"

 

Chegando lá, era o aniversário,

da Diovanna, a sua caçulinha,

que completou os sete anos,

e está linda com essa "janelinha".

 

Diovanna é filha da Gislene e do Teco,

ela é muito linda e inteligente,

e tem um irmão, o engenheiro Diordanno,

que Deus abençoe esta família eternamente.

 

*

 

Eu sou um corinthiano feliz,

apesar de alguns dissabores,

pois o meu grande Timão,

vai ser campeão da Libertadores.

 

Eu vou dizer uma coisa muito certa:

toda mulher ao homem engrandece.

Mas quando ela diz: "Quero ir embora",

o Edmarcos abaixa a crista e obedece.

 

É hora de ir, amanhã vou trabalhar,

mas fica aqui o meu convite de amigo,

seja palmeirense, são-paulino ou santista,

chega na minha casa, quarta, pra torcer junto comigo.

 

(29.6.2012)

 

* * * * *

 

Na casa da Maria Rosa

 

Na cidade gaúcha de Carapó,

como o Vanzeto Restaurante não tem igual.

Vamos cantar com muito carinho

parabéns para a prima Val.

 

Ela se chama Valdivina,

é linda e sabe usar a cuca.

Desde nova que ela tem apelido,

todos a conhecem somente por Chuca.

 

Apesar deste calor infernal,

estamos na estação do inverno.

A Chuca hoje fez trinta e nove,

abençoada pelo Divino Pai Eterno.

 

(1.7.2012)

 

 VOLTAR