SÃO JOSÉ DO TIJUCO

VILLA  PLATINA

ITUIUTABA

 

 


ÁUREA MUNIZ DE OLIVEIRA FRATARI
 

 

 
 

ÁUREO [Do lat. Áureo] - 1. feito de ouro; 2. da cor do ouro, ou a ele relativo; 3. fig. Brilhante, nobre, magnífico, de grande esplendor; 4. fig. Muito valioso.

ÁUREA, para todos, ou carinhosamente Nenê, apelido entre os familiares. Mas, podemos nos referir a essa criatura fraterna e luminosa com algumas definições do próprio dicionário, cujas palavras, ainda que de maneira imperfeita trazem traduções das letras que compuseram o seu nome na última passagem terrestre, sendo afinal, aquele a integrar este livro: ÁUREA MUNIZ DE OLIVEIRA. Entre as mulheres era a filha caçula, de uma família de 7 irmãos sobreviventes.

De origem simples, apesar das dificuldades materiais, foram orientados na honestidade e no amor. Uniu-se em matrimônio com Geraldo Fratari, passando a assinar Áurea Muniz de Oliveira Fratari, sendo uma mulher de saúde delicada e frágil, porém uma mulher de coragem e muita fé. A maternidade visitou-a por três vezes, sendo uma mãe dedicada e extremamente amorosa, porém uma mãe exemplar para: Nicola de Oliveira Fratari, Noemia de Oliveira Amaral e Nilza de Oliveira Fratari Lopes. Seus dias foram registrados pela caridade e pela benevolência, que semeava a mancheias, por onde passava, com quem encontrava, enfim, a todos amava. Seus dias foram marcados pela fraternidade e pelo afeto, que espalhava através de sua doação plena e edificante.

Áurea, seu exemplo de fé raciocinada, humildade e amor, ficou alicerçado na Fraternidade Espírita Cristã, entidade localizada na Vila Natal, em Ituiutaba, Minas Gerais, à qual ela dedicou parte de sua vida terrena, e foi uma das fundadoras em abril de 1964, presidindo-a entre 1969 até a sua desencarnação em abril de 1990.

Áurea, seu exemplo vive nas atividades assistenciais e fraternas dessa casa, o exemplo de uma vida dedicada ao próximo. Alguns departamentos da Fraternidade Espírita Cristã: Sala de Costura e Enxovalzinho “Maria Dolores”, Sopas Fraternas “Meimei” e “Vovô Santo”, Encontro de Mães “Áurea Muniz”, Campanha de Inverno, Festival do Natal, dentre outros.

Entretanto, Áurea foi além da Vila Natal, de sua família, da Fraternidade Espírita Cristã, ela disseminou seu exemplo por ltuiutaba, acalentando e conquistando a cidade; tanto que outras homenagens e reconhecimentos existem, como a rua em que se edificou o CAIC, o maior estabelecimento sócioeducativo de ltuiutaba, cadeira da ALAMI (Academia de Letras, Artes e Música de ltuiutaba), e muito, muito mais.

Áurea, a sua vida foi, é e será sempre, exemplo de fraternidade, resignação, trabalho, caridade, esperança, fé, e sobretudo, de amor.

            Por Nima Imaculada Spigolon
            Abril de 2002.

 

____

Clique aqui para ver a genealogia de Áurea Muniz.

 

VOLTAR