FAMÍLIA ANGELO
Tronco do Triângulo Mineiro

Autor: Edson Angelo Muniz

 

FRANCISCO ANGELO DE FREITAS "CHIQUINHO ANGELO"

       


     

 

Chiquinho Angelo nasceu em 27 de setembro de 1934, filho de Jerônimo de Freitas e Maria Cândida de Souza. Cursou o 1.º e o 2.º ano em uma escola de fazenda, e do 3.º ano ao Curso Técnico de Contabilidade no Instituto Marden, em Ituiutaba, no período de 2 de março de 1952 a 30 de novembro de 1962.

Trabalhou como bancário, no Banco Mineiro da Produção, de 1957 a 1960. Trabalhou como vendedor nas Lojas Riachuelo, em Ituiutaba e Uberlândia, de 12 de agosto de 1961 a 4 de novembro de 1991. Foi Juiz Classista, na Junta de Conciliação e Julgamento de Ituiutaba, de 1.º de setembro de 1991 a 19 de março de 1992.

Chiquinho Angelo se casou, em 26 de janeiro de 1963, na Igreja Matriz de São José, em Ituiutaba, com Cleyde Penha de Freitas, e tiveram seis filhos.

Em 28 de dezembro de 1977, Chiquinho Angelo tomou posse como presidente do Centro Espírita Dr. Adolfo Bezerra de Menezes, de Ituiutaba, entidade mantenedora da Casa dos Velhos "Adolfo Bezerra de Menezes", instituição filantrópica que vem de há muito tempo auxiliando os menos favorecidos da sorte. — Esta casa foi uma das instituições beneficiadas no testamento de Justiniano Bernardes de Oliveira, o TiNane.



*

 

O primo Chiquinho Angelo foi um dos meus colaboradores mais entusiasmados, pois ele forneceu-me muitas informações sobre os descendentes de seus pais, e ainda me apresentou a alguns parentes nossos de Canápolis, MG, e Centralina, MG, numa viagem feita em seu carro, com todas as despesas por sua conta.

Muito obrigado, Chiquinho, a Genealogia é um caminho difícil, mas, com o incentivo e a ajuda de parentes iguais a você, ele se torna fácil e mais prazeroso.

 

 

VOLTAR